Queda brusca de rendimento, jogo crítico pela Libertadores e novo técnico disponível,Barbieri pode estar com os dias contados

O Flamengo vem de uma excelente campanha, que se estendeu até a parada para a Copa do Mundo. Em junho deste ano, o técnico Maurício Barbieri, com 75% de aproveitamento no Campeonato, teve seu vínculo com o rubro-negro estendido, até final de 2018.

Porém, depois da volta do descanso por causa da Copa, a coisa mudou. O time sofreu 2 derrotas vexatórias, e nem mesmo a vitória de 4 x 1 sobre o Sport foi capaz de acalmar a torcida, perdeu a liderança e até o momento não há uma fórmula segura de retornar onde estava, no topo. Líder. Na libertadores, praticamente estado de calamidade. Precisa ganhar por 3 gols de diferença. Nada favorito.

Nesta situação, não é exagero se dizer que Barbieri pode sim estar com seus dias contados, isso bem antes do final do ano. Além da queda de rendimento, derrotas, queda  na liderança e revolta da torcida rubro-negra, uma outra ameaça. Renato Gaúcho já teria dito ao Grêmio que não pretende continuar no clube, conforme já noticiado hoje , dirigentes do Flamengo contrários a Barbieri, se animaram com tal notícia. Com isso é grande a possibilidade de Renato vir para o Mais Querido.

Apesar das dificuldades, o jogo nesta quarta-feira contra o Cruzeiro tende a ser decisivo . Caso o Flamengo saia derrotado, o contrato de Barbieri ficaria insustentável, até pelo grande descontentamento da torcida

COMPARTILHAR